Webinar sobre Prevenção da Violência na Saúde

“Todos nós, dirigentes da saúde, profissionais e equipas de saúde, temos um papel essencial na prevenção da violência, em particular contra os próprios profissionais de saúde e as populações mais vulneráveis”, defendeu Margarida Tavares.


A Secretária de Estado da Promoção da Saúde falava na sessão de encerramento do webinar “Plano de Ação para a Prevenção da Violência no Setor da Saúde”, que decorreu no dia 11 de janeiro, em Lisboa.


A governante reiterou que o Ministério da Saúde assume a responsabilidade de dar uma resposta integrada ao fenómeno da violência, “enquanto problema de saúde pública e objeto de vigilância epidemiológica”. Neste contexto, afirmou ser necessário proteger os grupos populacionais mais vulneráveis.


“Sabemos que a prevenção da violência no setor da saúde enquadra-se no objetivo mais amplo de combater todas as formas de violência, com destaque para a violência doméstica, apostando na prevenção primária, de modo a evitar a todas as formas de violência”, disse a secretária de Estado.


Neste contexto, Margarida Tavares defendeu um esforço de concertação e articulação das várias áreas governativas, no sentido de “alinharem as diferentes estratégias”, com impacto na quebra do ciclo de violência, “nomeadamente o combate à pobreza, garantia de infância e prevenção da delinquência infantil e juvenil”.


Fonte: SNS

imagem do post do Webinar sobre Prevenção da Violência na Saúde
Voltar