18-01-2024

TEPH do INEM somam novas competências para atuar em casos de emergência

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) implementou, no último trimestre de 2023, dois Protocolos de Atuação no âmbito da Carreira de Técnico de Emergência Pré-Hospitalar. Desta forma, as equipas das Ambulâncias de Emergência Médica (AEM) e Motociclos de Emergência Médica (MEM) do INEM passaram a estar mais capacitadas para atuar em cenários de Alergia/Anafilaxia e Dispneia, com a entrada em vigor dos referidos Protocolos, a 30 de outubro e 1 de dezembro, respetivamente.


Com esta atualização, os TEPH do INEM têm agora disponíveis quatro protocolos farmacológicos de um total de dez que preveem a administração de fármacos por parte destes profissionais.


Estes atos assistenciais, nomeadamente a administração de medicação, são limitados a situações em que o doente se encontre em risco iminente de vida ou de perda de membro, em que a não tentativa de realização de qualquer uma destas tarefas no imediato possa claramente condicionar a sua sobrevivência ou a qualidade de vida futura e/ou que a chegada em tempo útil de suporte avançado de vida não permita evitar essa situação.


Os Protocolos de Atuação dos TEPH foram definidos exclusivamente por Médicos de reconhecido mérito na área de Emergência Médica em Portugal e aprovados pela Ordem dos Médicos. Na prática, a atuação dos TEPH em função destes Protocolos de Atuação depende da validação do Médico coordenador do CODU, no momento das ocorrências.

imagem do post do TEPH do INEM somam novas competências para atuar em casos de emergência
Voltar