Dia Nacional do Não Fumador

Porque deixar de fumar pode ser desafiante e difícil, devido à dependência física e psicológica induzida pela nicotina, no Dia Nacional do Não Fumador, que se assinala a 17 de novembro, a Direção-Geral da Saúde (DGS) destaca os 15 passos para ajudar a deixar de fumar e a evitar recaídas.


Parar de fumar tem sempre benefícios, imediatos e a longo prazo, em ambos os sexos, em todas as idades, em indivíduos com ou sem doenças relacionadas com o tabaco.


Habitualmente parar de fumar provoca síndrome de abstinência, que se caracteriza por sinais e sintomas de mal-estar, irritabilidade e momentos de forte desejo de voltar a fumar. A maioria das pessoas que para de fumar sem preparação ou qualquer apoio acaba por recair ao fim de algum tempo.


Quando chegar o dia, comunique aos seus amigos e à família que vai deixar de fumar e treine estratégias para se manter livre do tabaco.


Se precisar de ajuda, fale com o eu médico ou marque uma consulta de cessação tabágica.


Estes 15 passos são um contributo para ter sucesso:


1 – Faça uma lista das razões que o/a levam a querer deixar de fumar.

2 – Conheça melhor os seus hábitos de fumar.

3 – Calcule quanto vai poupar se deixar de fumar.

4 – Fixe uma data para deixar de fumar.

5 – Comunique a sua decisão a quem o/a rodeia.

6 – Prepare-se para o Dia D.

7 – Treine mentalmente as estratégias para lidar com o desejo de voltar a fumar.

8 – No Dia D, primeiro dia sem tabaco, não volte a fumar, nem um único cigarro.

9 – Evite os momentos ou circunstâncias em que habitualmente fumava sempre um cigarro.

10 – Evite estar na proximidade de fumadores.

11 – Faça uma alimentação saudável. Não substitua o tabaco por comida.

12 – Aumente o seu nível diário de atividade física.

13 – Aprenda a recusar o tabaco se alguém lho oferecer.

14 – Guarde num local visível todo o dinheiro que está a poupar ao deixar o tabaco.

15 – Acaba de vencer! Celebre o sucesso!


Fonte: DGS

imagem do post do Dia Nacional do Não Fumador
Voltar