12-04-2022

Atividades do Departamento de Emergência Médica do INEM em 2021

Ao Departamento de Emergência Médica (DEM) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) compete, entre outras atribuições, coordenar o SIEM nas vertentes normativa e técnica e proceder à avaliação periódica do seu funcionamento; promover a articulação entre o Serviço de Emergência Médica Pré-Hospitalar e os serviços de urgência/emergência; promover a investigação científica e tecnológica.

 

No âmbito das suas competências e ainda condicionado pelo atual contexto pandémico, o DEM desenvolveu um conjunto de atividades abrangendo as múltiplas áreas afetas a este Departamento, e que envolveram: a Área Clínica, o Centro de Informação Antivenenos (CIAV), a Unidade Pré-Hospitalar dos Serviços Farmacêuticos (UPHoSF), o Centro de Apoio Psicológico e Intervenção em Crise (CAPIC), as Relações Internacionais, a Unidade de Planeamento de Eventos, Protocolo de Estado e Gestão de Crises (UPPEC), a Comissão de Prevenção e Controlo de Infeção e Resistência aos Antimicrobianos (CPCIRA), a Comissão de Segurança do Doente (CSD) e a Coordenação Geral Nacional TEPH.

 

Considerando a abrangência das atividades do DEM, salientam-se em seguida as atividades mais transversais realizadas em 2021:

 

  • O incremento do projeto iTEAMS com registos adaptados aos vários meios (Ex: CAPIC, TIP); a integração de um número significativo de parceiros do SIEM; o desenvolvimento do iTEAMS Mobile;
  • O desenvolvimento dos Processos Assistenciais das Vias Verdes, com equipas específicas atribuídas, definição de indicadores, respetiva monitorização e análise, e identificação das ações de melhoria a implementar;
  • A produção científica transversal a todo o Departamento, traduzida em publicações, palestras, posters, videoconferências e candidaturas a prémios;
  • A intensa atividade da área das Relações Internacionais e do PT-EMT, contribuindo decisivamente para o nível de excelência associado à marca INEM;
  • O trabalho exaustivo da UPPEC na resposta às exigências determinadas pela pandemia, concomitantemente com o planeamento e operacionalização do apoio médico à Presidência Portuguesa da União Europeia, Situações de Exceção, múltiplos eventos e apoio às Forças de Segurança;
  • A interação e colaboração com os vários Departamentos e Gabinetes do Instituto que, de uma forma ou de outra, se relacionam com as competências deste Departamento. Desde a colaboração com o DFEM na produção ou revisão de conteúdos e produtos pedagógicos, à análise e definição de características técnicas de dispositivos médicos, à colaboração na produção de conteúdos para divulgação da atividade do Instituto, são apenas alguns exemplos de um vasto trabalho, por vezes pouco visível, mas exigente.​​​​​​​

 

Quanto aos objetivos operacionais definidos pelo DEM e enquadrados pelo Quadro de Avaliação e Responsabilização (QUAR), de referir que as metas estipuladas foram concretizadas em 95%. Das metas concretizadas, 67% foram superadas e 33% atingidas.

imagem do post do Atividades do Departamento de Emergência Médica do INEM em 2021
Voltar