Portugueses praticaram mais exercício em 2021

Os portugueses aumentaram os seus níveis de atividade física no ano passado, com mais de metade (54,3%) a apresentar níveis adequados de atividade física para a promoção da saúde, valores que melhoraram relativamente ao primeiro ano da pandemia, segundo o relatório do Programa Nacional para a Promoção da Atividade Física (PNPAF), da Direção-Geral da Saúde (DGS), relativo a 2021.


O relatório divulgado a 6 de abril, Dia Mundial da Atividade Física, destaca a tendência deste aumento nos níveis de atividade física dos portugueses em 2021, espelhada no estudo REACT COVID 2.0., que teve como objetivo conhecer os comportamentos alimentares e de atividade física dos portugueses cerca de um ano após o início da pandemia de Covid-19 (maio-junho de 2021).


Esta investigação, realizada em parceria com o Instituto de Saúde Ambiental da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, destaca que 54,3% dos inquiridos apresentam níveis adequados de atividade física para a promoção da saúde, um aumento relativamente aos 46% apurados em 2020.


O estudo revela, porém, que também aumentou o tempo sedentário – de 7 ou mais horas por dia – de 38,9% para 46,4% dos inquiridos. Os resultados sugerem que a atividade física e o comportamento alimentar parecem influenciar-se mutuamente, o que sublinha a importância de uma abordagem integrada na promoção destes comportamentos. Esta abordagem também deve ter em conta o género, a idade e a situação socioeconómica. A análise combinada aponta para um perfil de maior risco: ser mulher, ter idade inferior a 45 anos e perceção de má situação financeira e de saúde está associado a um aumento do risco de menores níveis de atividade física e de mudança para um perfil alimentar pior. Ser homem e ter mais de 46 anos, ter boa perceção do seu estado de saúde, está associado a maiores níveis de atividade física e manutenção de bom perfil alimentar.


Entre as várias atividades praticadas de forma mais estruturada estão a caminhada, o treino de força, as atividades de fitness e a corrida. As tarefas domésticas e o subir e descer escadas são as atividades físicas não estruturadas (integradas no quotidiano) mais apontadas.


O documento elenca ainda as ações e estratégias previstas para o próximo ciclo, nomeadamente melhorar a capacitação da população para um estilo de vida ativo e a oferta de oportunidades para a prática de atividade em diferentes contextos.

imagem do post do Portugueses praticaram mais exercício em 2021
Voltar