Alimentos com menos 11% de açúcar e de sal

Batatas fritas, cereais de pequeno-almoço ou pizzas, iogurtes, leite achocolatado ou refrigerantes têm hoje menos sal e menos açúcar do que tinham há três anos. A redução global de 11,5% e de 11,1% no teor médio de sal e de açúcar (g/100 g) é demonstrada no Relatório do progresso da Reformulação dos Alimentos em Portugal 2018-2021 apresentado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

No global, estima-se que, neste três últimos anos, tenha existido uma redução de cerca de 25,6 toneladas de sal e 6256,1 toneladas de açúcar nos alimentos abrangidos pelo compromisso entre o Estado e as principais associações do setor alimentar, a Federação das Indústrias Portuguesas AgroAlimentares (FIPA), a Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED), entre outras.

Face às metas então definidas, cerca de 50% das categorias de produtos alimentares em análise atingiram ou ultrapassaram estes valores. Relativamente ao teor de açúcar, destaca-se que três das categorias abrangidas neste acordo (“refrigerantes”, “leite achocolatado” e “iogurtes”) já atingiram a meta de redução definida para o ano de 2022. No que respeita ao teor de sal, duas das categorias (“cereais de pequeno-almoço” e “pizzas”) atingiram igualmente a meta de redução traçada.

A redução dos teores de sal, açúcar e gorduras trans dos produtos alimentares é uma medida do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável e da Estratégia Integrada para a Promoção da Alimentação Saudável e tem como objetivo reduzir o consumo de alguns nutrientes de risco para a saúde.

Fonte: SNS

imagem do post do Alimentos com menos 11% de açúcar e de sal
Voltar