30-09-2021

40 ANOS INEM | O início da Emergência Médica em Portugal

Foi em 1965 que se deu o primeiro passo para a implementação do socorro pré-hospitalar em Portugal.


Neste ano, era implementado o número nacional de socorro “115”, que servia para acudir a vítimas de acidentes na via pública em Lisboa. Na época, era acionada uma ambulância tripulada por polícias, que transportava os acidentados para o Hospital. Nos anos seguintes, o “115” foi alargado às cidades do Porto, Coimbra, Aveiro, Setúbal e Faro.


Mais tarde, em 1971, nascia o Serviço Nacional de Ambulâncias (SNA), o qual tinha por objetivo “assegurar a orientação, coordenação e eficiência das atividades respeitantes à prestação de primeiros socorros a sinistrados e doentes, bem como ao respetivo transporte”. Foram assim criados postos de ambulâncias do SNA, que funcionavam nas esquadras da Polícia de Segurança Pública (PSP) em Lisboa, Porto, Coimbra e Setúbal. Nas restantes localidades, as ambulâncias foram sendo entregues a corporações de bombeiros.


Em 1980, surgia o Gabinete de Emergência Médica, com a missão de elaborar um projeto que viesse a desenvolver e coordenar um sistema integrado de emergência médica. Estavam assim criadas as bases para, em 1981, ser oficialmente criado o Instituto Nacional de Emergência Médica.


in Newsletter do INEM – Via Verde para a Vida, setembro 2002

imagem do post do 40 ANOS INEM | O início da Emergência Médica em Portugal
Voltar