16-06-2021

COVID-19 | INEM efetuou 2.537 transporte entre os dias 7 e 13 de junho

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) efetuou, em parceria com os restante Sistema Integrado de Emergência Médica (SIEM), entre os dias 7 e 13 de junho, 2.537 transportes de utentes com suspeita de COVID-19. Na mesma semana, as Equipas de Enfermagem de Intervenção Primária (EEIP) do INEM efetuaram 572 colheitas de amostras biológicas para análise à COVID-19.

Após a descida de atividade registada na semana anterior, a semana em análise revela um aumento de casos suspeitos transportados pelos meios do SIEM. Na segunda semana de junho foram transportados 2.537 utentes com suspeita de infeção pelo SARS-CoV-2, mais 129 utentes que na semana transata. Os meios da Delegação Regional do Norte (DRN) transportaram 961 utentes, os meios da Delegação Regional do Sul (DRS) 942 e os da Delegação Regional do Centro (DRC) 500. Mais a sul, na DRS- Algarve foram transportados 134 utentes. A definição de caso suspeito de COVID-19 é, de acordo com as normas em vigor, qualquer situação de falta de ar (dispneia) triada pelos Centros de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) do INEM.

As EEPI do INEM realizaram na segunda semana de junho 572 colheitas de amostras biológicas para análise à COVID-19. A equipa da DRN realizou 84 colheitas, a da DRC 50, a equipa da DRS 396 e a da DRS-Algarve 9. Desde 10 de março de 2020 estas equipas do INEM já recolheram um total de 52.074 amostras biológicas para análise.

A 13 de junho o INEM tinha registo de 2 trabalhadores em isolamento profilático. O INEM não registo de trabalhadores infetados já há diversas semanas.

Com a subida de casos reportados, voltamos a relembrar que é fundamental a colaboração de todas as cidadãs e cidadãos na contenção de quebra de novas cadeias de transmissão da COVID-19. O distanciamento físico, o uso de máscara de proteção, a lavagem frequente e correta das mãos e a adoção de etiqueta respiratória são medidas fundamentais e insubstituíveis!

Se apresentar dificuldade respiratória, febre, tosse, alterações ou ausência no paladar e/ou olfato, ligue SNS24 – 808 24 24 24.

Em caso de emergência ligue 112.

Colabore com o INEM. Juntos podemos salvar vidas e travar a COVID-19.

imagem do post do COVID-19 | INEM efetuou 2.537 transporte entre os dias 7 e 13 de junho
Voltar