07-04-2021

European Resuscitation Council atualiza guidelines de reanimação

Realizou-se nos passados dias 25 e 26 de março o Congresso Resuscitation 2021, no decorrer do qual o European Resuscitation Council (ERC) divulgou as mais recentes orientações no âmbito da atuação e educação em reanimação para toda a comunidade científica.


A atualização das guidelines de reanimação não apresenta alterações muito significativas relativamente às orientações emanadas em 2015, incorporando e sistematizando as evidências científicas em matéria de reanimação recolhidas nos últimos anos e clarificando alguns aspetos.


Algumas das indicações mais relevantes destas novas recomendações podem ser sintetizados nos seguintes pontos:


  • A otimização dos diferentes elos da cadeia de sobrevivência mantém-se como um requisito essencial para melhorar as hipóteses de sobrevivência à PCR;

  • O papel do cidadão, do centro de orientação de doentes urgentes e dos profissionais que diariamente respondem à emergência são reforçados;
    Mantém-se a importância atribuída ao início precoce das compressões torácica eficazes e a minimização da interrupção das mesmas, assim como a desfibrilhação precoce;

  • A localização dos elétrodos multifunções para desfibrilhação apresenta as seguintes alterações:
    – posição ântero-lateral preferencial, com o lateral na linha média axilar esquerda;
    – se dispositivo implantado, colocar o elétrodo multifunções afastado cerca de 8 cm;

  • A abordagem da via aérea deve ser feita de forma gradual (básica à avançada), em função do treino e experiência do reanimador;

  • Novas indicações/dosagens de fármacos revistas (ex. adenosina);

  • Alterações às PCR em situações especiais, com a introdução de novos algoritmos específicos.


Após a divulgação destas guidelines pelo ERC, o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) deu já início ao processo de revisão dos protocolos e algoritmos vigentes, visando a integração destas orientações na prática das equipas de emergência médica pré-hospitalar, assim como na formação.

imagem do post do European Resuscitation Council atualiza guidelines de reanimação
Voltar