Saúde Global debatida em conferência da DGS

A Direção-Geral da Saúde coorganiza com o Ministério da Saúde uma Conferência sobre Saúde Global, no próximo dia 25 de março, a partir das 08.30, no Centro Cultural de Belém, no âmbito da Presidência Portuguesa União Europeia (PPUE).


A conferência (Global Health Conference: Strengthening the role of EU on Global Health) é subordinada ao Reforço do papel da União Europeia na Saúde Global, nas dimensões da Diplomacia de Saúde Global, com especial articulação com a Agenda UE-África, da Liderança no desígnio da Cobertura Universal de Saúde e do impacto das alterações climáticas na saúde, com especial destaque para a questão das doenças transmitidas por vetores e os desafios da resistência antimicrobiana.


Os desafios da saúde global transcendem não só as fronteiras, mas também as divisões Norte-Sul, Este-Oeste e público-privado, expondo as limitações das abordagens segmentadas. São necessárias estratégias mais holísticas, inclusivas, abrangentes e coordenadas para enfrentar estes desafios verdadeiramente globais.


A diplomacia de saúde global assume importância crescente num sistema multilateral que procura contribuir para um bom funcionamento da ordem global. Exige o reconhecimento de que tanto a ciência como a política são essenciais para informar as negociações.


A pandemia da COVID-19 demonstrou a importância vital da solidariedade global para enfrentar ameaças de saúde pública partilhadas. Consciente de que nenhum país está seguro, até que todos estejam seguros, a União Europeia tem-se mostrado empenhada na promoção prossecução deste desígnio.


Aceda a mais informações no site da Direção-Geral da Saúde.

imagem do post do Saúde Global debatida em conferência da DGS
Voltar