02-03-2021

Reportagem RR : Retrato de um ano na linha da frente da pandemia

Álvaro Almeida é Técnico de Emergência Pré-Hospitalar no INEM há 5 anos e desde outubro que deixou os turnos no Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) de Lisboa para reforçar os turnos nas ambulâncias.


Os últimos tempos foram “algo desafiantes” para o técnico de Emergência Pré-Hospitalar do INEM. No pico da pandemia, passou várias horas nas filas para as urgências dos hospitais de Lisboa: chegou a esperar oito horas com um doente na ambulância.


“Estávamos sempre junto das vítimas, íamos fazendo reavaliações periódicas, conforme a situação clínica, e aquilo que realmente me preocupava era mais o conforto do que a situação clínica”, conta. Às vezes, a fome e o frio eram o mais difícil de suportar.


Foram vários os turnos da tarde acabaram por terminar muito depois da hora – às vezes duraram toda a madrugada.


Aceda à entrevista dada pelo nosso colega à Rádio Renascença, num trabalho jornalístico que assinala um ano de pandemia.

imagem do post do Reportagem RR : Retrato de um ano na linha da frente da pandemia
Voltar