04-12-2020

COVID-19 | Atividade Semanal: INEM efetuou 3.228 transporte e 1.639 colheitas entre 23 e 29 de novembro


Entre os dias 23 e 29 de novembro, o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e os parceiros no Sistema Integrado de Emergência Médica (SIEM) contabilizaram 3.228 transportes de utentes com suspeita de infeção por SARS-CoV-2. No mesmo período, as Equipas de Enfermagem de Intervenção Primária (EEIP) realizaram 1.639 colheitas de amostras biológicas para análise à COVID-19. A 29 de novembro o INEM contabilizava 37 trabalhadores com diagnóstico de COVID-19 e 63 em isolamento profilático.


Na última semana de novembro, o INEM e os seus parceiros no SIEM realizaram 3.228 transportes de utentes com sintomas compatíveis de infeção por SARS-CoV-2, o que se traduz num decréscimo de utentes transportados relativamente à semana anterior. Os meios de emergência pré-hospitalar da região norte transportaram 1.433 utentes e os da região sul 1.162. Na região centro foram realizados 588 transporte de utentes e no Algarve 105. Desde dia 1 de março, foram efetuados um total de 75.455 transportes de utentes com suspeita de infeção com SARS-CoV-2.


Relembramos que a definição de caso suspeito de COVID-19 é, entre outros e de acordo com as normas em vigor, qualquer situação de falta de ar (dispneia) triada pelos Centros de Orientação de Doentes Urgentes (CODU).


As quatro EEIP do INEM efetuaram, entre os dias 23 e 29 de novembro, 1.639 colheitas para análise à COVID-19. Criadas a 10 de março, estas equipas de enfermagem integram a resposta conjunta do Serviço Nacional de Saúde à pandemia de COVID-19 e têm por objetivo proceder à colheita, acondicionamento e transporte de amostras biológicas necessárias ao diagnóstico de COVID-19. Estruturas residenciais para idosos ou estabelecimentos prisionais são alguns dos locais para as quais estas equipas são frequentemente mobilizadas, bem como casos específicos em que o seu empenho se revele uma mais-valia, como se verificou, por exemplo em Paços de Ferreira, com a montagem de um centro de recolha temporário naquela localidade e em empresas na zona industrial da Azambuja. Estas equipas realizaram, desde o dia 10 de março, 32.468 colheitas.


No dia 29 de novembro havia registo de 37 trabalhadores com diagnóstico de COVID-19 e 63 em isolamento profilático. Dezassete trabalhadores encontravam-se sob vigilância dos elementos da Comissão de Controlo de Infeção e Resistência aos Antimicrobianos (CCIRA) do INEM.


A utilização da máscara, a lavagem e desinfeção das mãos, a adoção da etiqueta respiratória bem como a redução dos contactos presenciais, privilegiando o distanciamento físico, são gestos imprescindíveis para o combate à pandemia. Instale a aplicação móvel Stayaway COVID para monitorizar os possíveis contactos com pessoas infetadas e facilitar a deteção precoce de possíveis casos de infeção.


Se apresentar dificuldade respiratória, febre, tosse, alterações ou ausência no paladar e/ou olfato, ligue SNS24 – 808 24 24 24.


Em caso de emergência ligue 112.
Colabore com o INEM. Juntos podemos salvar vidas e travar a COVID-19!

imagem do post do COVID-19 | Atividade Semanal: INEM efetuou 3.228 transporte e 1.639 colheitas entre 23 e 29 de novembro
Voltar