#MedSafetyWeek 2020: Cada notificação conta!

Utilizadores de medicamentos, cuidadores e profissionais de saúde devem notificar suspeitas de reações adversas a medicamentos, sempre que ocorrer algum efeito indesejável. Esta é a principal mensagem que o Infarmed pretende passar, ao associar-se à iniciativa #MedSafetyWeek, que decorre de 2 a 8 de novembro com o mote “Cada notificação conta”.


Os medicamentos são seguros e eficazes, mas podem ocorrer efeitos indesejáveis, também conhecidos como reações adversas. É difícil prever quem poderá sentir uma reação não esperada após a administração de medicamentos, mas é essencial que quaisquer potenciais riscos sejam compreendidos e comunicados.


Por esta razão são essenciais os relatórios de notificação submetidos ao Infarmed, pois ajudam a identificar novos efeitos indesejáveis ou problemas de segurança sérios e inesperados, e a obter mais informações sobre os efeitos já conhecidos. Ao notificar, pode ajudar a tornar os medicamentos mais seguros para todos.


“A nossa prioridade é a segurança dos utilizadores de medicamentos. Quanto maior for o número de notificações, maior é a probabilidade de identificamos novos problemas de segurança, que porventura seriam desconhecidos antes de serem notificados”, apela o Infarmed em comunicado.


O Infarmed é responsável pela regulamentação eficaz de todos os medicamentos e dispositivos médicos em Portugal, garantindo a sua segurança, qualidade e eficácia. O Portal RAM no website do Infarmed permite aos profissionais de saúde e utentes comunicarem ao Infarmed suspeitas de reações adversas a medicamentos (RAM), contribuindo para a monitorização contínua da segurança e a avaliação do benefício/risco dos medicamentos.


imagem do post do #MedSafetyWeek 2020: Cada notificação conta!
Voltar