29-10-2020

COVID-19 | Atividade semanal: INEM efetuou 2.844 transportes de casos suspeitos e 564 colheitas biológicas na última semana

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) efetuou entre os dias 19 e 25 de outubro 2.844 transportes de utentes com sinais e sintomas de infeção por SARS-CoV-2. No mesmo período, as equipas de colheitas de amostras biológicas para análise à COVID-19 efetuaram 564 colheitas de amostras. No dia 25 de outubro o INEM tinha registo de nove trabalhadores com diagnóstico de COVID-19.

 

Os casos suspeitos de infeção com SARS-CoV-2 transportados pelo INEM continuam a aumentar, sendo já a quarta semana consecutiva em que se verifica esta tendência. Entre os dias 19 e 25 de outubro, foram transportados às diversas unidades hospitalares 2.844 utentes com sintomatologia compatível com infeção por SARS-CoV-2. A região norte foi onde se verificaram mais transportes efetuados, tendo sido registados 1.238 transportes de utentes. Os meios da Delegação Regional do Sul (DRS) do INEM transportaram 1.015 utentes e os da Delegação Regional do Centro (DRC) 479. Mais a sul, no Algarve, os meios do INEM transportaram 112 utentes com suspeita de COVID-19. A definição de caso suspeito de COVID-19 é, entre outros e de acordo com as normas em vigor¸ qualquer situação de falta de ar (dispneia) triada pelos Centros de Orientação de Doentes Urgentes (CODU).

 

As equipas de colheitas do INEM registaram um aumento da sua atividade na terceira semana de outubro, tendo realizado nessa semana um total de 564 colheitas para análise. O INEM instalou, no dia 23 de outubro, a pedido da Administração Regional de Saúde do Norte, um posto de colheitas biológicas em Paço de Ferreira, para aumentar a capacidade de testagem naquela área. Assim, a equipa de recolha afeta à região norte realizou 310 colheitas, seguindo-se a equipa da Delegação Regional do Sul (DRS), com 133 colheitas. Na região centro foram recolhidas 61 amostras e no Algarve duas.

 

Ainda, o INEM instalou, a 23 de outubro, um hospital de campanha junto ao Hospital Padre Américo em Penafiel. Esta era uma das medidas previstas no Plano da Saúde para o Outono-Inverno 2020-21 do Ministério da Saúde. O hospital do INEM vai ser operacionalizado por profissionais do Hospital Padre Américo, que definirá igualmente os critérios para a sua utilização, à semelhança do que acontece no Hospital de São João no Porto, desde o dia 15 de maio.

 

A 25 de outubro, o INEM tinha registo de 9 trabalhadores com COVID-19. Dezoito trabalhadores estavam em isolamento profilático e 10 sob vigilância da Comissão de Controlo de Infeção e Resistência aos Antimicrobianos (CCIRA) do INEM.

 

Impedir a transmissão do SARS-CoV-2 é uma tarefa individual que diz respeito a TODOS. Para quebrar as cadeias de transmissão é fundamental o uso de máscara de proteção, o distanciamento físico, a adoção de etiqueta respiratória e a lavagem e desinfeção da mãos. A instalação e uso da aplicação para smarthphones Stayaway COVID é altamente recomendável.

 

Se apresentar dificuldade respiratória, febre, tosse, alterações ou ausência no paladar e olfato, ligue SNS24 – 808 24 24 24 .

 

Em caso de emergência ligue 112.
Colabore com o INEM. Juntos podemos salvar vidas e travar a COVID-19!

imagem do post do COVID-19 | Atividade semanal: INEM efetuou 2.844 transportes de casos suspeitos e 564 colheitas biológicas na última semana
Voltar