Ministério da Saúde apresenta plano estratégico para os próximos meses

O Ministério da Saúde apresentou ontem o Plano da Saúde para o Outono-Inverno 2020-21, uma estratégia que visa dar resposta não só à pandemia, mas a todas as necessidades em saúde da população.

 

Preservar vidas humanas, proteger os mais vulneráveis, particularmente a população idosa a viver em Estruturas Residenciais para Idosos; e preparar a resposta ao crescimento epidémico da COVID-19 são os grandes objetivos desta estratégia, que terá uma implementação em cascata, através da intervenção estruturada e articulada a nível regional – Administrações Regionais de Saúde e respetivos Departamentos de Saúde Pública – e local – Agrupamentos de Centros de Saúde, Unidades Locais de Saúde e respetivas Unidades de Saúde Pública e Unidades Hospitalares.

 

No que diz respeito à resposta não COVID-19, o Ministério da Saúde pretende apostar na resposta maximizada nos cuidados de saúde primários, com atendimento presencial, não-presencial e domiciliário, bem como nas respostas de proximidade, incluindo dispensa de medicamentos.

 

No que toca à pandemia, o plano prevê um reforço da resposta em saúde pública, especialmente em situações de surtos; adapta as atuais Áreas Dedicadas à COVID-19 em Áreas Dedicadas aos Doentes Respiratórios e os circuitos de internamento hospitalar para diferentes fases da resposta.

 

O Plano da Saúde para o Outono-Inverno 2020-21 pretende mobilizar todos os agentes do sector da saúde e o país para o período exigente que se avizinha e que requer uma resposta conjunta e participada. Como tal, não se trata de um documento fechado e será alvo de revisão e atualização bimestral, de forma a acompanhar a evolução epidemiológica e os contributos dos diversos intervenientes.
O Plano está disponível em: www.sns.gov.pt.

imagem do post do Ministério da Saúde apresenta plano estratégico para os próximos meses
Voltar