19-08-2020

CODU do INEM atendem 97.955 chamadas de emergência em junho de 2020

Os quatro Centros de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) atenderam, durante o mês de junho de 2020, 97.955 chamadas de emergência. Estas chamadas levaram ao acionamento de 85.578 meios de emergência médica pré-hospitalar.

 

Dez por cento (10%) destas 97.955 chamadas de emergência atendidas foram consideradas como emergentes, levando ao acionamento de meios de socorro mais diferenciados. Setenta e quatro por cento (74%) destas chamadas levaram ao acionamento de uma, ou mais,  Ambulâncias de Emergência Médica (AEM) ou Postos de Emergência Médica (PEM). Houve 10.368 chamadas, cerca de 11% do total de chamadas recebidas em junho,  que foram consideradas como não urgentes, logo foram transferidas para o SNS24.

 

Os CODU acionaram os quatros helicópteros do Serviço de Helicópteros de Emergência (SHEM) do INEM por 80 ocasiões, uma média de 20 serviços em junho para cada aeronave. As 44 Viaturas Médicas de Emergência e Reanimação (VMER) foram acionadas 5.624 vezes, uma média de 4 saídas por dia para cada VMER. As 40 ambulâncias de Suporte Imediato de Vida (SIV) foram acionadas 2.127 vezes e as 56 AEM do INEM foram chamadas a intervir por 8.837 ocasiões. Já os 364 PEM localizados em Corpos de Bombeiros e Delegações da Cruz Vermelha Portuguesa tiveram 58.531 ocorrências.

 

​​​​​​​Os 85.578 acionamentos do mês de junho correspondem a uma média diária de 2.853 acionamentos. O Sistema Integrado de Emergência Médica (SIEM) é composto por um total de 666 meios de emergência pré-hospitalar. Este sistema é gerido pelo INEM para dar resposta a situações emergentes de doença súbita e acidentes que ocorram em Portugal Continental.

imagem do post do CODU do INEM atendem 97.955 chamadas de emergência em junho de 2020
Voltar