06-08-2020

COVID-19 | Atividade semanal: 1.854 transportes de casos suspeitos e 376 colheitas de amostras efetuados

O trabalho efetuado pelas equipas do Instituto Nacional de Emergência Médica entre os dias 27 de julho e 2 de agosto saldou-se em 1.854 transportes de utentes com suspeita de infeção por SARS-CoV-2, e 376 colheitas de amostras biológicas para análise à COVID-19.

 

A entrada no mês de agosto trouxe um aumento de trabalho às equipas de recolha de análises à COVID-19 do INEM. Entre os dias 27 de julho e 2 de agosto foram efetuadas 376 colheitas de amostras biológicas para análise à COVID-19, mais 300 colheitas que na semana anterior. O maior aumento verificou-se na Delegação Regional do Sul (DRS-Lisboa) com 241colheitas efetuadas. Na área de influência da Delegação Regional do Norte (DRN) foram efetuadas 55 colheitas e na Delegação Regional do Centro (DRC) cinco colheitas. Desde o início do trabalho destas equipas, no dia 10 de março, foram efetuadas 22.745 colheitas de amostras biológicas.

 

No mesmo período de tempo, entre os dias 27 de julho e 2 de agosto, foram transportados 1.854 utentes com sintomas compatíveis de infeção por SARS-CoV-2, menos 289 transporte que na semana anterior. Desde o dia 1 de março que foram realizados 32.733 transporte de utentes com suspeita de infeção com o novo coronavírus. A DRN é aquela que totaliza mais transportes com 12.661, seguidos da DRS-Lisboa com 12.498 transporte efetuados. A DRC contabiliza 5.978 transportes e a DRS- Algarve 1.596 transportes efetuados.

 

No dia 2 de agosto não havia registo de qualquer trabalhador ou colaborador do INEM diagnosticado com COVID-19. Neste dia, o INEM tinha registo de ter dois trabalhadores em isolamento profilático e 11 encontravam-se sob da Comissão de Controlo de Infeção e Resistência aos Antimicrobianos do INEM.

 

Desde o início da pandemia que as psicólogas e psicólogos do Centro de Apoio Psicológico e Intervenção em Crise (CAPIC) do INEM realizaram 192 intervenções junto dos trabalhadores e colaboradores do INEM. Estes profissionais também efetuaram contactos para salvaguardar necessidade sociais tidas pelos trabalhadores e colaboradores, tais como alojamentos durante a fase do confinamento, entre outras necessidades.

 

Importa recordar que conter a pandemia COVID-19 depende de todos. Seguir as recomendações da Direção-Geral da Saúde (DGS) é essencial.

 

Colabore com as Autoridades.

Em caso de emergência ligue 112!

imagem do post do COVID-19 | Atividade semanal: 1.854 transportes de casos suspeitos e 376 colheitas de amostras efetuados
Voltar