07-06-2020

INEM e Força Aérea Portuguesa transportam quatro doentes das Ilhas para o Continente em 24h

A Força Aérea realizou, no espaço de 24 horas, o transporte urgente de quatro doentes  dos arquipélagos dos Açores e da Madeira para o Continente.

A primeira ativação ocorreu na manhã de 2 de junho, tendo uma aeronave Falcon 50, da Esquadra 504 – “Linces”, descolado da Portela pelas 10h52, com destino à ilha da Madeira. Após o embarque, a aeronave regressou ao Continente, tendo aterrado em Lisboa pelas 14h10.

Os “Linces” voltariam a ser ativados quatro horas mais tarde, desta feita para ir às Lajes da ilha Terceira (Açores), para transportar duas crianças, de cinco meses e 10 anos, para o Montijo.

Já na manhã de 3 de junho, uma aeronave Falcon 50 voltaria a descolar da Base Aérea N.º 6 para transportar um doente de São Miguel (Açores) para o Porto, onde aterrou pelas 12h55.
Todas as missões levaram a bordo uma equipa médica militar.

À chegada ao continente, esteve sempre uma Ambulância de Transporte Inter-hospitalar do INEM para efetuar o transporte dos doentes para as Unidades Hospitalares da área.

 

 

O Transporte Inter-hospitalar Pediátrico é um serviço que se dedica ao transporte de recém-nascidos e doentes pediátricos em estado crítico entre Unidades de Saúde. As ambulâncias que asseguram este serviço dispõem de uma tripulação constituída por um médico, um enfermeiro e um Técnico de Emergência Pré-hospitalar (TEPH).

 

Estas ambulâncias estão equipadas com todo o material necessário à estabilização de doentes dos 0 aos 18 anos de idade, permitindo o seu transporte para hospitais onde existam unidades diferenciadas com capacidade para o seu tratamento. O serviço tem uma cobertura nacional e funciona 24 horas por dia, todos os dias do ano.

 

Fonte: Força Aérea Portuguesa

imagem do post do INEM e Força Aérea Portuguesa transportam quatro doentes das Ilhas para o Continente em 24h
Voltar