06-01-2020

Gestos que salvam! – o que fazer em caso de hemorragia grave

Uma vítima que sangra continuamente corre risco de vida. É por isso vital controlar esta perda de sangue o mais depressa possível. Tendo em conta que uma hemorragia pode ser capilar, venosa ou arterial (sangue sai em jato), equacione a forma mais adequada que permita o controlo da hemorragia.

 

Como devemos atuar?

 

Aplique pressão: coloque uma compressa limpa e seca diretamente sobre o ferimento e pressione com firmeza. Se a compressa ficar empapada de sangue, não a retire e coloque outra por cima. Se necessário, retire ou corte as roupas para expor a lesão.

 

Eleve e apoie: se a hemorragia for num membro, deve elevá-lo para que fique num nível superior ao do coração da vítima, de modo a diminuir o afluxo de sangue à zona afetada.

 

Segure a compressa com uma ligadura: coloque uma ligadura em torno da compressa para a segurar no lugar e manter a pressão. Se o sangue ensopar a compressa, cubra-a com outra, utilizando uma nova ligadura para fixar.

 

Ligue 112 assim que possível.

 

Atenção:

  • Procure utilizar luvas para garantir as melhores condições de segurança para si e para a vítima;
  • Caso a vítima se sinta cada vez mais fraca, deite-a e eleve-lhe as pernas ligeiramente acima do nível do coração (+-30°);
  • Se existir algum objeto estranho a perfurar a vítima, não o remova: imobilize-o.
imagem do post do Gestos que salvam! – o que fazer em caso de hemorragia grave
Voltar