17-04-2019

INEM desde há dez anos a Acreditar Entidades para dar formação

Decorridos dez anos após a criação do Sistema de Acreditação de Entidades Formadoras pelo Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM),  verifica-se que o número de entidades acreditadas em emergência médica continua em progressivo crescimento.

Evolução do número total de Entidades Acreditadas (EA)

 

Das 90 entidades acreditadas no final do ano de 2018, 58 correspondem a entidades privadas, 27 são instituições do Sistema Integrado de Emergência Médica (SIEM) e cinco são estabelecimentos de ensino.

 

A maioria das 90 entidades formadoras está acreditada no âmbito da metodologia formativa INEM, nas valências de  SBV (Suporte Básico de Vida) e SBV-DAE (Suporte Básico de Vida com Desfibrilhação Automática Externa), mantendo-se a tendência verificada nos últimos anos.

 

A Lei Orgânica do INEM, I.P., estabelece que são atribuições do INEM, I.P., definir, planear, coordenar e certificar a formação em emergência médica dos elementos do SIEM, incluindo dos estabelecimentos, instituições e serviços do Serviço Nacional de Saúde (SNS), competindo ao Departamento de Formação em Emergência Médica (DFEM) acreditar entidades externas para a realização de ações de formação em emergência médica. Através do Gabinete de Certificação e Acreditação (GCA), compete ao INEM:
a) Acreditar as entidades que pretendam ser reconhecidas como formadoras na área da emergência médica;
b) Avaliar a qualidade da formação em emergência médica ministrada pelas entidades acreditadas, através da realização de auditorias ou de outros mecanismos de controlo previstos.

 

A entidade pode ser acreditada na metodologia formativa do INEM ou outra reconhecida pelo mesmo, podendo optar por uma ou várias valências.

 

Podem requerer a acreditação as pessoas coletivas de natureza jurídica pública ou privada, com ou sem fins lucrativos, independentemente do seu objeto social, desde que regularmente constituída e registada, com sede em território nacional, com a situação tributária e contributiva regularizada perante, respetivamente, a administração fiscal e a Segurança Social.

 

Para mais informações sobre a Acreditação de Entidades Formadoras aceda aqui.

imagem do post do INEM desde há dez anos a Acreditar Entidades para dar formação
Voltar