Rastreio do cancro da mama

ARS Algarve promove iniciativa entre outubro e dezembro.

 

O núcleo de rastreios da Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve está a promover, entre outubro e dezembro, uma iniciativa de rastreio do cancro da mama, nos concelhos de Castro Marim e Vila Real de Santo António.

 

Todas as mulheres dos 50 aos 69 anos, inscritas nos centros de saúde destes concelhos, vão receber uma carta do núcleo de rastreios da ARS Algarve com a marcação/convite para realização gratuita de uma mamografia digital. O exame é feito na unidade móvel que se encontra junto ao Centro de Saúde de Vila Real de Santo António, dias úteis, das 09h30 às 13h00 e das 14h00 às 16h30.

 

O rastreio é efetuado com recurso a tecnologia 3D, com tomossíntese e diagnóstico assistido por computador, sendo o Algarve a primeira região do país a realizar o rastreio com esta tecnologia de última geração, o que permite aumentar significativamente a taxa de deteção de cancros da mama e reduzir os falsos positivos, o número de mulheres chamadas à consulta de aferição, a dose de radiação aplicada em cada exame e os custos do programa.

 

O Programa de Rastreio do Cancro da Mama no Algarve, efetuado em parceria com a Associação Oncológica do Algarve e o Centro Hospitalar Universitário do Algarve, começou em setembro de 2005 e é realizado através de uma unidade móvel que percorre todos os concelhos do Algarve, encontrando-se, neste momento, na sétima volta.

 

Para esclarecimentos adicionais contacte o núcleo de rastreio da ARS Algarve, através da linha de atendimento 289 889 912 (dias úteis, das 10 às 17 horas) ou do e-mail rastreio.oncologico@arsalgarve.min-saude.pt.

 

Fonte: SNS

imagem do post do Rastreio do cancro da mama
Voltar