30-07-2018

Cuidados a ter com o calor

Com a previsão da subida da temperatura para os próximos dias para valores a rondar os 40ºC, o INEM relembra  que a exposição ao calor intenso pode ter efeitos negativos na saúde, como a desidratação e outras complicações que podem ser evitadas. As crianças, os doentes crónicos e as pessoas idosas são particularmente vulneráveis.

 

A reação de cada pessoa à temperatura e os seus efeitos na saúde podem ser diferentes, podendo variar de um ligeiro rubor, edema, síncope, cãibras e exaustão por calor, até ao golpe de calor.

 

Para proteger a sua saúde é fundamental estar informado e seguir as seguintes recomendações:

  • Mantenha-se hidratado
  • Mantenha-se protegido do calor
  • Mantenha a casa fresca
  • Mantenha-se atento e proteja-se se tiver algum problema de saúde
  • Mantenha-se informado relativamente às condições climáticas para poder adotar os cuidados necessários
  • Conheça os sinais/sintomas da desidratação, golpe de calor e outras complicações. Em caso de emergência ligue 112.
  • Tenha especial atenção, entre outros, com os doentes crónicos, crianças, idosos e pessoas com mobilidade reduzida.
  • Evite estar em zonas de poluição elevada uma vez que as temperaturas elevadas e a poluição do ar estão, muitas vezes, associadas
  • Sempre que trabalhar ou tiver alguma atividade no exterior faça-o acompanhado porque em situações de calor extremo poderá ficar confuso ou perder a consciência
  • Não deixe animais de estimação no carro “estacionado”, pois eles também podem desenvolver doenças relacionadas com o calor
  • Sempre que necessário procure locais climatizados

 

Consulte o sítio www.dgs.pt, esteja atento aos meios de comunicação social e caso seja necessário contacte o SNS 24 – 808 24 24 24 e se indicado procure o seu médico.

imagem do post do Cuidados a ter com o calor
Voltar