19-07-2018

INEM melhora Sistema Informático dos CODU visando reforçar assistência aos Cidadãos

Nova cartografia digital que vem melhorar a localização das ocorrências, mais rapidez no envio de meios para as situações verdadeiramente emergentes e uniformização da informação partilhada com o 112. São estas algumas das novas funcionalidades da nova versão do Sistema Integrado de Atendimento e Despacho de Emergência Médica (SIADEM) que hoje entrou em funcionamento nos Centros de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

 

O SIADEM é a aplicação informática que serve de suporte ao trabalho dos CODU, assegurando o registo do atendimento das chamadas recebidas através do Número Europeu de Emergência – 112, a triagem e o despacho dos meios de emergência médica. A nova versão da aplicação vai permitir uniformizar as plataformas de atendimento e despacho em exploração no 112.PT, da responsabilidade do Ministério da Administração Interna, e as do INEM, garantindo assim uma total compatibilidade aplicacional e da cartografia digital utilizada.
Pretende-se assim melhorar a precisão da informação relacionada com a localização das ocorrências que dizem respeito a emergências médicas. A introdução destas melhorias ao nível da localização geográfica vem possibilitar uma pesquisa mais célere e precisa por parte do operador dos CODU, tendo esta funcionalidade sido reforçada por duas novas fontes de informação, para além das já existentes: InfoPortugal e Google Maps.

 

Simultaneamente, foram reforçadas nesta nova versão do SIADEM as competências de apoio ao despacho e acionamento de meios de emergência, permitindo aos operadores dos CODU do INEM ter sempre informação atualizada sobre a localização exata do meio, através da integração das coordenadas remetidas pelo rádio SIRESP. Esta melhoria da informação vai permitir aos CODU priorizar mais eficazmente o envio de meios de emergência em função das necessidades assistenciais dos cidadãos.

 

As alterações referidas, associadas a uma nova plataforma de sistema operativo (Windows 10), vão ter um impacto muito positivo na segurança da informação e dos equipamentos informáticos utilizados, tornando-os mais robustos e céleres na sua função. As melhorias ao SIADEM foram preparadas pelo INEM ao longo dos últimos meses, entrando hoje em fase de utilização após ter sido implementado um processo de formação destinado aos profissionais do Instituto.

 

O INEM reforça, contudo, que a colaboração dos cidadãos é fundamental para um correto envio de meios de emergência e consequente prestação de cuidados de emergência pré-hospitalar, devendo para isso responder às questões que lhes são colocadas pelos operadores da central 112.pt e dos CODU do INEM.
O funcionamento dos CODU não sofrerá qualquer perturbação com a entrada em utilização desta nova aplicação, podendo os cidadãos continuar a utilizar o 112 – Número Europeu de Emergência como habitualmente.

 

 

imagem do post do INEM melhora Sistema Informático dos CODU visando reforçar assistência aos Cidadãos
Voltar