20-04-2018

INEM vai “Reanimar a Serra do Açor”

Numa verdadeira ação de responsabilidade social e ambiental, e em parceria com a União de Freguesias de Cepos e Teixeira, a Associação dos Produtores Florestais do Concelho de Arganil, a FORESTIS – Associação Florestal de Portugal e a UNAC – União da Floresta Mediterrânica, o INEM plantar amanhã 1500 sobreiros, Quercus Suber, com o objetivo de arborizar 8,74 hectares ardidos da União de Freguesias de Cepos e Teixeira, no concelho de Arganil, em pleno coração da Serra do Açor, fazendo renascer a parcela de terra “do INEM”.

 

Este projeto, pensado a cinco anos, prevê a reflorestação de uma área ardida que contempla:
– em 2018 as atividades de preparação do solo, plantação e rega;
– em 2019 e 2020 o controlo da vegetação espontânea;
– em 2022 a desramação e as podas de formação.

 

A partir desta data, as árvores “do INEM” serão já adultas e integrarão uma nova floresta, renovada e ordenada para uma centena de anos.
Em 2017, Portugal, com particular incidência nas regiões a norte do rio Tejo, atravessou o pior ano de que há memória: foram infindáveis os hectares de florestas reduzidas a cinzas, um número incontável de árvores queimadas. Ecossistemas destruídos. Famílias desalojadas. Vidas perdidas. A devastação causada por esta calamidade permanecerá durante décadas na vida dos portugueses e nunca mais será esquecida.

 

Os profissionais do INEM foram inexcedíveis no cumprimento da sua missão de prestação de cuidados de emergência médica pré-hospitalar e apoio psicossocial às comunidades mais diretamente afetadas por estas tragédias. Mas o INEM acredita que a sua ação pode ser perpetuada no tempo se aceitar o desafio de devolver, ao país e às suas pessoas, parte do que se perdeu e que com ajuda pode ser mais rapidamente recuperado. O INEM acredita que este gesto pode contagiar todos os portugueses para uma causa que é de todos… mas que começa em cada um de nós.

 

O protocolo que firma a constituição da parcela de terra “do INEM” é assinado amanhã, dia 21 de abril de 2018, numa cerimónia para a qual todos os trabalhadores do INEM e as suas famílias foram convidados a participar.

imagem do post do INEM vai “Reanimar a Serra do Açor”
Voltar