SIADAP 2

Avaliação de Dirigentes intermédios

Monitorização intercalar e avaliação global do desempenho (artigos 9.º, n.º 3, 29.º e 35.º a 40.º da 66-B/2012, de 31 de dezembro na sua redação atual).


A avaliação dos dirigentes intermédios é realizada por ciclos avaliativos de 3 anos correspondentes à duração da comissão de serviço (artigos 21.º, n.º 9, da Lei n.º 2/2004, de 15-01, na redação da Lei n.º 64/2011, de 22/12).
A avaliação anual dos dirigentes intermédios foi substituída por monitorização intercalar anual e consubstancia-se num relatório sintético, a ser apresentado pelo dirigente ao respetivo dirigente superior, até 15 de abril de cada ano, explicitando a evolução dos resultados obtidos face aos objetivos negociados (os objetivos são negociados no início da comissão de serviço para a totalidade do período de exercício de funções dirigentes).
A avaliação é feita no termo da respetiva comissão de serviço, com base nos parâmetros negociados no início da comissão de serviço (Objetivos/Resultados e Competências).


O INEM utiliza como instrumento de gestão para avaliação anual dos dirigentes intermédios, o modelo do QUAR adaptado a cada Unidade Orgânica.

Voltar