13-05-2018

100 pessoas assistidas pelo INEM no âmbito da Operação Fátima 2018

Até às 18 horas de hoje, o INEM assegurou a assistência médica pré-hospitalar a 100 pessoas no âmbito das comemorações do 13 de maio de Fátima. Destas 100 pessoas, 75 foram assistidas no Hospital de Campanha do INEM, tendo 52 tido alta e 23 sido evacuadas para o Hospital de Leiria.

 

No que concerne à gravidade dos doentes assistidos, 14 vítimas foram consideradas urgentes e 86 pouco urgentes, onde se incluem 11 pessoas que receberam apoio psicológico do INEM. Ao nível da sua tipificação, 81 pessoas foram assistidas por “doença súbita” e 19 por “trauma”.

 

Para a Operação Fátima 2018, o INEM:

– constituiu um Núcleo Técnico de Emergência Médica que funcionou integrado no Posto de Comando de Operações da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC);

– montou um Hospital de Campanha onde foi feita a admissão e triagem dos doentes, a sua estabilização e o atendimento em ambulatório;

– empenhou grupos de reforço estratégicos posicionados ao longo do recinto do Santuário de Fátima que operacionalizaram dois motociclos de emergência médica, duas Moto4 com capacidade de Suporte Imediato de Vida e duas VMER (viaturas médicas de emergência e reanimação).

 

Esta Operação contou com o empenho, ao nível dos recursos humanos, de 40 profissionais do INEM, entre Médicos, Enfermeiros, Técnicos de Emergência Pré-Hospitalar, Psicólogos, Farmacêuticos, elementos de coordenação, logística, informática e telecomunicações.

 

No âmbito da Operação Fátima 2018, o INEM integrou o Dispositivo de Operações e Socorro da ANPC, composto ainda por Corpos de Bombeiros e pela Cruz Vermelha Portuguesa. Ao INEM coube a responsabilidade de coordenar todas as atividades de saúde em ambiente pré-hospitalar, a triagem e evacuações primárias e secundárias, a referenciação e transporte para as unidades de saúde adequadas, bem como a montagem do seu Hospital de Campanha.

Foi ainda sua a responsabilidade de executar a triagem e apoio psicológico a prestar às vítimas no local da ocorrência com vista à sua estabilização emocional.

imagem do post do 100 pessoas assistidas pelo INEM no âmbito da Operação Fátima 2018
Voltar