DGS lança manual com recomendações para famílias carenciadas.

A Direção-Geral da Saúde (DGS), através do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável (PNPAS), lançou o «Manual de orientação para a utilização adequada do cabaz de alimentos do Programa Operacional de Apoio às Pessoas mais Carenciadas (PO APMC) 2014 -2020». O apoio alimentar desenhado pelo Programa Operacional de Apoio às Pessoas mais Carenciadas visa disponibilizar um conjunto de alimentos que se podem utilizar ao longo do dia, favorecendo uma alimentação saborosa, saudável e equilibrada.

 

Este modelo de apoio alimentar pretende apoiar duplamente as famílias mais carenciadas. Por um lado, através do fornecimento de alimentos nutricionalmente adequados e, por outro, capacitando as famílias para melhor gerirem os alimentos que recebem ou adquirem diariamente.

 

Até muito recentemente, os modelos de apoio alimentar existentes não tinham como referência a qualidade nutricional e a adequação da alimentação fornecida, sendo os alimentos distribuídos no âmbito destes programas de ajuda, muitas vezes, pouco interessantes do ponto de vista nutricional.

 

Mais ainda, os alimentos que mais se encontravam em falta no seio das famílias carenciadas não correspondiam habitualmente aos alimentos distribuídos por estes programas de apoio alimentar, como, por exemplo, os produtos hortícolas e a carne e o pescado.

 

Os alimentos disponibilizados no Programa foram recomendados pela equipa técnica do PNPAS/DGS, que, assim, participou tecnicamente na elaboração da oferta alimentar e na sua adequação nutricional, algo inédito na relação entre a Saúde e a Segurança Social.

 

Este manual destina-se aos técnicos de saúde, de educação e de ação social que trabalham na área. Mas também às famílias e entidades que recebem estes apoios. Através dele faz-se a pedagogia da utilização adequada dos alimentos disponibilizados regularmente.

 

Pretende-se qualificar as famílias para uma confeção adequada, para a utilização racional das quantidades e dos processos de conservação, evitando desperdícios, e ainda para a promoção de ementas variadas, nutricionalmente equilibradas e adaptadas aos gostos de cada família. Utiliza-se uma linguagem simples e com muitas imagens e esquemas.

 

Veja aqui o Manual de Orientações para a utilização adequada do Cabaz de Alimentos do Programa Operacional de Apoio às pessoas mais carenciadas.

 

Fonte: Portal do SNS

imagem do post do DGS lança manual com recomendações para famílias carenciadas.
Voltar