18-08-2017

INEM com dispositivo de emergência médica de apoio aos incêndios florestais

O INEM tem mobilizado desde o passado dia 10 de agosto um dispositivo de emergência médica destinado a garantir o apoio no combate aos incêndios que se têm verificado em Portugal Continental.
Para além dos meios humanos e técnicos empenhados nos vários cenários de incêndio, e que vão sendo alocados em função das necessidades que se vão verificando, um dos recursos do dispositivo do INEM é a Sala de Situação Nacional. A ativação deste recurso do INEM permite, nestas situações, a atuação coordenada de todos os meios do INEM integrados no dispositivo e assegura uma estreita e imediata articulação com as restantes entidades envolvidas nas operações, coordenadas pela Autoridade Nacional de Proteção Civil.
A ativação da Sala de Situação Nacional do INEM cumpre o objetivo de permitir uma gestão eficaz de todas as ocorrências relacionadas, no caso, com os incêndios florestais, de forma a não interferirem diretamente com o trabalho regular realizado pelos Centros de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) do INEM.
Este recurso do INEM tem ainda atribuída a tarefa de realizar o acompanhamento da evolução do estado de saúde dos doentes evacuados para as Unidades Hospitalares assim como o levantamento de vagas em Unidades Hospitalares do país.
Em termos de assistências médicas pré-hospitalares, o balanço mais recente dá conta de um total de 61 pessoas assistidas, mas sem necessidade de evacuação hospitalar e um total de 93 feridos transportados para Unidades Hospitalares do país, 86 feridos ligeiros e sete graves, mas que não se encontram em risco de vida.

imagem do post do INEM com dispositivo de emergência médica de apoio aos incêndios florestais
Voltar